quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Deu no jornal: Empresas dão "brindes" para servidoras da União

SIMONE IGLESIAS
da Folha de S.Paulo, em Brasília

Uma festa realizada ontem à noite no Palácio do Planalto reuniu cerca de 300 servidoras públicas para comemorar o Dia da Secretária. Além de coquetéis de frutas, música e dança flamenca, o evento contou com uma série de brindes de empresas privadas como sorteio de passagens aéreas, hospedagens em hotéis e lingeries.

A festa ocorreu no salão Oeste do Palácio do Planalto. As passagens aéreas eram para destinos nacionais e uma para Buenos Aires, todas com direito a levar acompanhante. Além disso, havia diárias em vários hotéis do país, roupas, lingeries, bolsas, pacotes de academia de ginástica e jóias. Tudo doado por empresas privadas, segundo informou o governo.

A organizadora da festa, Evanise Santos, coordenadora de Relações Públicas da Secretaria de Administração da Casa Civil, não quis dizer de que forma foram obtidos os brindes junto às empresas privadas, entre elas Gol, TAM, Ocean Air e Webjet.

O código de conduta da administração pública permite apenas o oferecimento de brindes com valor de até R$ 100. Como muitos brindes distribuídos têm o valor superior ao determinado no código, eles se caracterizam como presentes e, neste caso, o código só permite que sejam recebidos em duas hipóteses: de autoridade estrangeira, nos casos protocolares; e de parente ou amigo, desde que o seu custo tenha sido arcado por ele próprio e não por terceiro que tenha interesse em decisão da autoridade ou do órgão a que ela pertence.

Uma passagem ida e volta para Buenos Aires, por exemplo, custa cerca de R$ 1.000. O preço médio do pacote da academia de ginástica sai por R$ 200.

O Planalto informou a relação de alguns presentes e quantidades distribuídos às secretárias: cinco passagens aéreas ida e volta das empresas Gol, Ocean Air e Webjet; quatro pacotes da academia Runway; 140 sacolas com brindes da Webjet (o conteúdo não foi detalhado pelo governo), 300 sacolas da TAM contendo revistas femininas, canetas e garrafinhas de água; diárias em hotéis (quantidade não foi informada); e dois conjuntos de lingerie da loja Mundo das Lingeries. Outros presentes foram distribuídos que não constam da lista fornecida pelo Planalto.

As secretárias também aguardaram pelo sorteio de uma "jóia surpresa" oferecida por uma empresa de ônibus e viagens pela TAM. As que não foram sorteadas saíram com um livro da Petrobras nas mãos (foram doados 96 pela estatal).

A TAM disse por meio de sua assessoria que não doou passagens ao governo. A Folha não conseguiu falar ontem à noite com a Gol, Webjet e Ocean Air sobre os brindes.

Da Folha de S.Paulo
A pergunta é: o que as empresas esperam receber de volta? 

1 Comentário:

Ropiva disse...

É tudo uma festa. Eles festejam, gastam, são presenteados e etc pq sabem que isso não vai dar em nada mesmo.
Abraço

Posts e comentarios

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Blogaram e comentaram

Widget UsuárioCompulsivo

Mybloglog

Quem sou eu

Gostou dos textos. Vote no BlogsBlogs e no dihitt

Gostou dos textos. Vote no BlogsBlogs e no dihitt Participe do Blogueiro Repórter e concorra a um Macbook

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO